7 de novembro de 2012

Macho Emocionado: Porque novos amigos são coisas para se guardar...

Cozinha: R. Nílson Costa, 413-495 - Vila Laura, Salvador - BA, 40270-550, Brasil
Sou macho... mas isso não quer dizer que eu não seja sensível. E hoje quase chorei de emoção ao saber que tem pessoas que mal me conhecem, mas se lembram de mim. Eis que estou aqui no computador, pensando na morte da bezerra, quando o ícone de "nova mensagem" se ilumina e surge o diálogo a seguir... ou bem próximo disso.

"Oi - Oi - Como vai? - Bem. E você? - Quando vem pros lados de cá? - De cá onde? - Aqui na casa da sua mãe. - Ah, tô aqui hoje. - É que comprei uma coisa pra você. - Hã? Como assim? - É. Na viagem. Vi e achei sua cara. E Rosana também. - Pô! Me sentindo!!! kkkkk O que é? - Tem como eu te entregar? Vai ficar aqui até que horas? - Vou dormir aqui hoje. - Ah, então tem como eu te entregar agora? - Tem sim. Vou aí ou você vem aqui? - Me encontra no meio do caminho que fica bom pros dois. - Tá. Tô indo então."

Subo a ladeira aqui e encontro com a doida da Luana que me entrega um potinho contendo uma geleia que eu nunca havia experimentado na vida. Me disse que estava olhando umas coisas durante uma viagem com outra amiga nossa, quando viu essa geleia e perguntou: "Isso aqui é a cara de quem?". Preciso dar a resposta? hehehehe

Para as duas malucas, mas que eu adoro encher o saco e perturbar o juízo via rede social, eu gostaria de agradecer publicamente o carinho. Rosana, que eu já conheço faz algum tempo e, mais recentemente, Luana, que sem mesmo saber se eu ia gostar, resolveu dar a louca (novidadeeeeee) e comprar uma coisa que nem mesmo ela sabia do que se tratava. Quero dizer que ADOREI!!! :-)

Agora, vamos ao que interessa. A tal geleia é feita de Ruibarbo. É, muitos de vocês nem sabem que diabos é ruibarbo. E confesso que eu só comecei a conhecer isso poucos anos atrás, graças à Nigella Lawson, que usa essa planta para compor várias sobremesas doces em seu programa.

O ruibarbo é uma planta comestível, originária da Ásia e que tem sido usada como planta medicinal há milhares de anos. Somente no século XIII, quando chegou à Grã-Bretanha, passou a ser utilizada como alimento. Seu nome deriva do grego, que combina duas palavras: rha que refere-se tanto à planta como ao rio Volga, de onde supostamente é originária e, barbarum. Caracteriza-se por apresentar um caule grosso e folhas grandes chegando a 30cm ou 40cm de comprimento. Apenas o talo pode ser consumido já que as folhas possuem alta concentração de ácido oxálico, nefrotóxico e corrosivo (ainda bem que elas não pensam em me envenenar... eu acho!).

Então, machos e não-machos leitores deste blog, gostaria de dizer que isso abriu o apetite e a vontade de voltar a escrever mais constantemente para alegrar vocês. O Macho Gourmet voltou!



2 comentários:

  1. Owntttttttttttttttttttttt - fiquei emocionada tbm!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem merece meu carinho e reconhecimento... merece. :)

      Excluir

Todos os comentários são bem vindos e as críticas construtivas são bem aceitas. Mas me reservo o direito de apagar qualquer comentário que contenha propagandas (SPAM), conteúdo vulgar ou ofensivo. Retribuo educação com educação.