16 de outubro de 2011

Macho Padeiro: Pão de Cerveja, Azeite e Ervas

Cozinha: R. Cap. Melo, 337-647 - Stella Maris, Salvador - BA, 41600-610, Brasil
Antes de começar este post, quero dizer que estou em dúvida se devo agradecer ou matar a Carla e a Tereza. Meses de doutrina... semanas de resistência e força de vontade... tudo jogado fora porque as duas gatinhas resolveram postar receitas de pão estes dias me deixando numa vontade dos diabos de comer o maldito!!! Agora que já desabafei, vamos ao que interessa.

Passei alguns dias sem postar e estava realmente sem saber o que fazer. Como as duas aí me inspiraram, resolvi tentar mais uma vez botar o meu lado padeiro pra funcionar. Domingo à noite... a internet um saco... lá fui eu pra cozinha encarar um pão. Mas, pão todo mundo faz. Ou pelo menos sabe o básico pra fazer. E eu queria algo diferente. Olhei pra um lado, olhei pro outro e me bati com umas long necks que minha digníssima ganhou de aniversário. Perguntei se podia roubar uma (Ok! Usei golpe sujo. Perguntei enquanto ela estava dormindo) e ao ouvir um "hum hum" me senti devidamente autorizado. Roubei mais umas coisinhas necessárias na cozinha e parti para a empreitada. Anote aí o que você vai precisar e, como deve fazer.

|| Ingredientes:

500g de farinha de trigo
1/2 xícara de leite
1/2 xícara de cerveja
02 ovos
05 colheres de sopa de azeite extra-virgem
02 colheres de sopa de fermento químico (tá, ok! Pó Royal... satisfeito?)
01 colher de chá de sal
02 colheres de sopa de açúcar
01 colher de sopa de orégano
01 colher de sopa de alecrim
01 colher de sopa de salsa desidratada


|| Como fazer:

Em um balcão ou mesa, coloque todos os ingredientes secos exceto o fermento e o sal. Misture bem, forme um monte e abra uma cova no meio. Em uma vasilha misture o leite, a cerveja e o fermento. Deixe o fermento agir por um ou dois minutos e misture os dois ovos. Bata para misturar e jogue esta mistura no centro do monte que você fez. Vá misturando aos poucos até que todos os ingredientes estejam incorporados. Deixe a massa descansar por 02 minutos para que o fermento aja. Jogue o azeite, o sal e comece a sovar a massa, mas sem muita força. Isso dá pra fazer com uma das mãos apenas. Estique e enrole a massa sobre o balcão até que ela esteja lisa e sem grumos. Se durante o processo sentir a massa muito grudenta, adicione um pouco mais de farinha. 

Quando terminar de sovar, forme uma bola, cubra e deixe descansar por cerca de 30 minutos para fermentar. Após este tempo, sove a massa mais um pouco para baixar a fermentação, dê a forma que desejar,  deixe crescer por mais 10 minutos e leve ao forno médio (cerca de 200º) para assar por 40 minutos.

**********************************************************************
Dica I: Se a farinha que for usar já contiver fermento, utilize um pouco menos do fermento em pó. Mas sugiro que utilize farinhas sem fermento para esta receita. A Carla me recomendou uma farinha de grano duro da Fleischmann, específica para pães, mas ainda não encontrei aqui em Salvador.

Dica II: Para saber se a massa já fermentou, use um truque que já ensinei aqui. Retire um pedacinho da massa, forme uma bolinha e jogue dentro de um copo com água. Deixe o copo ao lado da massa coberta. Quando a bola subir, pode ir lá e terminar o trabalho. 

Dica III: Cervejas escuras fermentarão melhor neta receita, mas também a deixarão mais adocicada. Corrija isso com sal.

Dica IV: O sal é colocado depois pois ele atrapalha a fermentação.


7 comentários:

  1. Muito bom aspecto o pão, adoro pão de cerveja...

    ResponderExcluir
  2. Tulio, tinha acompanhado a saga desse pão no FB. Final feliz então hein? Gostei da receita, vou anotar, depois te falo. Adoro fazer pão e até acho melhor esses caseiros pois uma fatia só já faz a cabeça (pra mim pelo menos). Com cerveja fica uma maravilha, comigo outro dia foi o contrário, tive que esconder do maridones uma pretinha que havia comprado pra fazer o pão e coloquei circuito elétrico pra dar choque na lata...kkkk
    Vai, chega de bobagem
    beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkkkk
    Só tu, Sandra!
    Realmente o pão ficou legal. Pelo menos no sabor. Mas o aspecto podia ser melhor. E a foto eu fiz de noite, assim que terminei de fazer o pão. Vou refazer ele com calma, dando bastante tempo pra ele fermentar e aí faço outra foto. Afinal, comemos primeiro com os olhos, não é mesmo? Mas obrigado pelo incentivo!!! hehehe E quando for fazer receita com cerveja, seja boazinha. Compre duas. Uma pro maridex, uma pra receita. Assim você não corre perigo e ele não fica na vontade. :o)

    Belinha, tenho uma sina com pães, biscoitos e bolos. hehehe A verdade é que bolo eu gosto mesmo é solado. Aí o pão deve ter sentido a vibração e acabou ficando massudo. :) Mas fiz umas broas dia destes e ficaram legais. Foram devoradas no café da manhã.

    ResponderExcluir
  4. Poxa, pena que vc mora tão longe, senão ia bater na porta e pedir um pedaço do pão...rs
    Tenha uma ótima semana!
    Bjs
    www.comerrezando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Esse povo que bate na porta da gente pra pedir pão. kkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Meu amigo como to atrasada com suas postagens, e venho aqui encontro esse pão maravilhoso!!! Adoro fazer pães,prá mim é uma terapia, ou será frescurite de mulher? Sei la, entende!! Só sei que é bom fazer pão,e gostei muito dessa receita
    Ficou mara...Já passei por esses golpes sujos que vc usou com sua amada!! Sacanagem pura!! kkkk

    ResponderExcluir
  7. Josy... esse pão foi culpa da Carla e da Tereza. hehehe Mostraram tanto pão essa semana que eu não aguentei e fui fazer um também.

    ResponderExcluir

Todos os comentários são bem vindos e as críticas construtivas são bem aceitas. Mas me reservo o direito de apagar qualquer comentário que contenha propagandas (SPAM), conteúdo vulgar ou ofensivo. Retribuo educação com educação.